REBELIÃO

Light Novel

Cap. 09

Você está acessando esta página de um tablet ou ipad?

Este site foi projetado para dar uma boa experiência de leitura para aparelhos celulares. Neste caso te convido a visitar a página novamente por meio de um aparelho celular e aproveitar ao máximo a diversão.

Você está acessando esta página de um notebook ou computador?

Se a resposta for sim, eu te convido a abrir esta mesma página em um aparelho celular para aproveitar ao máximo a diversão. Este site foi projetado para ser lido em aparelhos celulares, por isso a página fica fora de estrutura para computadores e notebooks.

Uma segunda opção é clicar na tecla F12 do seu teclado e deixar a visualização de tela em posição de celular.

O céu está tingido de um azul aveludado. Adornando a escuridão estrelas brilham por toda a sua extensão. A luz gostosa da lua se esparrama folgadamente sobre as copas das árvores e ilumina o telhado de uma típica casa interiorana.

Esta poderia ser mais uma noite linda e refrescante, assim como tantas outras naquela pequena fazenda. Mas esta noite será diferente.

Esta noite chega elegantemente vestida de vermelho. Caminha calmamente a passos lentos deliciando-se com o tic-tac do relógio, pois está certa de que realizará os seus planos para hoje. Com olhos gélidos e um meio sorriso satisfeito, ela prepara-se para cobrir o futuro com o seu brilhante manto vermelho, deixando-o obscuro, sombrio. 

Marine e Nayane estão no quarto com a luz apagada, deitadas, conversando até tarde da noite. Uma cena comum entre amigas de longa data.

light novel rebelião dmorje

Como o esperado, Nayane conta as suas aventuras no intercâmbio, animada ela fala rapidamente quase que sem respirar. No início Marine até dá atenção, mesmo sendo um assunto fora do seu interesse, mas aos poucos sua mente vagueia para longe de todo aquele monólogo tecnológico.

Finalmente, Nayane dá uma pausa e resolve fazer uma pergunta de ponto de vista. Por alguns segundos ela fica aguardando uma resposta que não vem. Percebendo que está sendo ignorada, a jovem fica muito brava “Poxa Marine! Eu tô aqui super empolgada te contando um monte de novidades e você nem aí para mim”.

Com este toque Marine acorda de seus pensamentos profundos, mas ao invés de dar por cabo, agora ela externa-os “Nayane, você já sentiu que os seus pais escondem algo muito sério de você?” Por um momento Nayane faz cara de confusa, mas depois ela sorri “Que pergunta estranha…”

Marine fecha os olhos e suspira “É, eu sei que é uma pergunta meio estranha, mas… Eu tenho a sensação de que os meus pais escondem algo muito, mas muito sério. Eu tenho a sensação de que eu vou descobrir isso da pior forma possível… estou com medo”.

Quando ela olha para o lado Nayane já está babando em um sono profundo deixando-a aborrecida “Mas essa aí não tem jeito mesmo! Agora que eu vou falar uma coisa importante sobre mim ela dorme. Nem sei o porquê ainda tento falar algo sério com ela”.

Marine suspira novamente. Seu coração está muito apertado, dolorido, mas ela vira para o outro lado e insiste em tentar dormir “Não entendo. Por que meu pai estava tão distante e preocupado? As sobrancelhas dele estavam enrugadas e seus olhos distantes. As vezes ele fica assim, mas hoje em especial ele estava sombrio demais”.

Enquanto a jovem continuava a remover memórias e pensamentos, o silencio da noite é cortado por um forte barulho de madeira sendo quebrada. Marine pula da cama com o corpo todo formigando pelo alto nível de adrenalina “O que foi isso?! Será que foi a porta?”.

Com olhos arregalados, coração disparado e a boca seca Marine sente o seu peito apertar e doer mais. Ela começa a ‘afinar” os ouvidos, tentando identificar os sons “Vozes?! De quem são essas vozes?” Uma voz era de muito conhecida por ela, era a voz tranquila de seu pai, mas outras duas vozes conflitavam. Uma voz masculina e outra feminina as quais ela nunca ouvira antes, mas que a partir de hoje, ela jamais as esquecerá.

Ansiosa, Marine tenta acordar Nayane tocando em seu braço “Nayane! Acorda! Você também está ouvindo isso?” Nayane responde resmungando “Mãe me deixa, a primeira aula vai ser só às 7. Vou Dormir só mais um pouquinho”.

Vendo que a amiga ia demorar para acordar, Marine age mais brutamente, ela puxa a coberta de Nayane com força derrubando-a no chão. Nayane acorda assustada “Oi?! O que que tá acontecendo?!”.

Nayane abre a boca novamente, mas antes de conseguir falar algo, Marine faz psiu e sussurra “É exatamente isso o que eu quero saber. Eu ouvi barulho de porta quebrando e agora estou escutando as vozes de duas pessoas que eu não conheço”.

Nayane sente os seus braços se arrepiarem de pavor “Meu Deus, Mari! Quem será?” Marine abre lentamente a porta e segue o som de vozes discutindo. Mesmo a contragosto Nayane segue a amiga na escuridão “Aí Mari, eu acho melhor a gente ficar aqui. Seus pais vão resolver tudo, eles sempre dão conta de tudo”. Mesmo enxergando quase nada, Marine encara a amiga nos olhos resoluta “Se os meus pais estiverem em perigo eu não vou ficar aqui sem fazer nada! E você também não! Então vamos!”.

light novel rebelião dmorje

As duas andam juntas pelo corredor tremendo de medo, passam pela sala, atravessam a cozinha e chegam no quarto dos pais de Marine. Elas encontram uma cena no mínimo fora do normal. Duas pessoas desconhecidas estão no quarto discutindo com os pais dela e o tom de voz soa ameaçador. Elas resolvem ficar quietas apenas observando para tentar entender.

A mulher loira segurando uma arma sorri enquanto caçoa da mãe de Marine “E você princesa Aisha, quem diria que abandonaria o seu povo em nosso planeta natal para casar-se com um legionário. Por sua culpa eu perdi a minha irmã!” Zira grita e aponta a arma para Aisha. 

light novel rebelião dmorje

Vendo que a sua mãe está sendo ameaçada, Marine entra no quarto sem pensar duas vezes “Mãe!”.

Zira se vira para Marine e a encara com uma expressão confusa “Mãe?” que logo se desmancha em uma gargalhada “Então esta aqui é sua cria? Patético!”, Aisha estica o braço em direção a Marine “Não toque nela!”. O pai de Marine segura a esposa pelo braço “Calma amor, se perdermos o controle será pior”. Zira fica irritada com a ordem de Aisha e a desafia “Ou o que?! Você não está em condições de ameaçar ninguém!”.

Keiro sorri calmamente e toca no ombro da companheira fugitiva “Minha cara, vamos nos acalmar. Não perca o objetivo de nossa visita” Zira abaixa a arma. Ele admira Marine como se ela fosse uma espécime rara em um zoológico.

Segredos devem ser revelados, pois a ignorância pode sair caro.

– Continua no capítulo 10

Continuação prevista para:
13/12/2021 às 20h00

Mensagens fofas ♥

light novel rebelião dmorje
light novel rebelião dmorje
light novel rebelião dmorje
</